sáb. mar 23rd, 2019

Como a música no carro afeta o motorista

A música é parte integrante de qualquer viagem no carro. No entanto, não coloque flutuação muito rítmica e ouvi-los muito alto, pois isso pode afetar os cuidados do motorista.

A Autoridade de Segurança de Transportes da Lituânia, após o estudo, concluiu que a música alta reduz a atenção do motorista em 20%. Devido à música excessivamente alta e rítmica, ele pode não ouvir os veículos especiais alertando a sirene e sinais de outros carros.

O som alto reduz a reação do motorista e torna a condução mais agressiva, o que pode levar a um acidente.

Os especialistas recomendam ouvir música silenciosa no carro, talvez até clássica, o que não interfere no monitoramento da situação do trânsito. Aqueles que preferem dance music são recomendados a desistir ou ouvir faixas que não estejam no volume máximo.

É recomendável manter um volume moderado. Música em volume alto pode influenciar muito no comportamento dos motoristas, aumentando seu estresse ou agindo como um disparador para dirigir mais rápido. Por outro lado, o tipo de melodia que se escuta pode afetar positiva ou negativamente o estilo de condução. Por conseguinte, os especialistas recomendam usar o bom senso para escolher o que escutar durante a viagem.


Em segundo lugar, ouvir música com fone de ouvido enquanto se dirige dá multa. Segundo o artigo 252 do Código de Trânsito Brasileiro, é infração “dirigir o veículo utilizando-se de fones nos ouvidos conectados a aparelhagem sonora ou de telefone celular.”

Segundo os especialistas, muitos acidentes poderiam ter sido evitados se os motoristas não se distraíssem com a música.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *