qui. fev 21st, 2019

Nova Honda CBR 250RR que desbancar rivais, veja preço e ficha técnica

250rr-3A Honda volta ao segmento das pequenas esportivas com a novíssima CBR 250RR, revelada nesta segunda-feira (25) pela filial da marca na Indonésia. O modelo tem com missão encarar as bem-sucedidas Kawasaki Ninja 300 e Yamaha R3, ambas vendidas no Brasil na faixa dos R$ 20 mil.

A nova “CBRinha” está equipada com motor bicilíndrico em linha de duplo comando e refrigeração líquida, com 249,7 cc, associado a um câmbio de seis marchas. Ainda sem divulgar dados de potência e torque, a marca promete atingir “desempenho líder em sua classe” e ser “fácil de manusear tanto na cidade quanto em circuito”. O acelerador eletrônico “Thottle-by-Wire (TBW) oferece três modos de condução.

A dianteira da nova CBR 250RR herda a identidade visual da série CBR, com destaque para os faróis dual-LED com formato bumerangue e para a carenagem com linhas bastante recortadas. Já a lateral traz um belíssimo escape duplo, enquanto a rabeta bem delgada é complementada por uma lanterna de LEDs.

250rr

O quadro de treliça tubular e as suspensões são inteiramente novas, com garfos invertidos na dianteira e “Pro-link” na traseira – ajustável em cinco níveis na pré-carga. Os freios são a disco de 310 mm na frente e 240 mm atrás, com ABS de série, sendo as rodas aro 17″ vestidas com pneus 110/70 na dianteira e 140/70 na traseira.

Lançada inicialmente no mercado asiático, a nova esportivinha da Honda cairia como uma luva no mercado brasileiro, onde a marca tem uma imensa lacuna entre a CB 250 Twister e a CB500, cabendo perfeitamente uma moto com preço ao redor dos R$ 20 mil.


DESIGN DA CBR 250RR

Destaque especial deve ser dado ao visual da CBR 250RR. Agressiva e angulosa, seu farol duplo de LED estreia as heranças do conceito Light Weight Super Sports. Com linhas e vincos que favorecem a performance, a moto não perde absolutamente nada em estilo e esportividade.

DESEMPENHO DA CBR 250RR

Se a recepção do público gera dúvidas, o desempenho e a motorização parecem estar bem resolvidos. Embora a Honda ainda não tenha anunciado todas as características do modelo, sabe-se que a CBR 250RR chega com dois cilindros. Isso já representa uma mudança importante em relação à 250R, monocilíndrica.

Além disso, o acelerador eletrônico e o método intercambiável de aceleração agregam na esportividade. O piloto poderá selecionar a forma de aceleração, com entrega linear ou esportiva. A opção dá mais força no uso misto como uma pequena esportiva e uma urbana regular.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *