qui. fev 21st, 2019

Renault Captur 2017, interior e preço

2017-Renault-Captur-Interior

Apelidado de Grand Captur lá fora, o Captur nacional é bem maior do que o original algo mirrado. Ele pode, inclusive, ter opção de sete lugares. O motor é o veterano 2.0 16V flex e a tração será apenas dianteira.

O modelo terá tração 4×4 para encarar condições adversas de rodagem, especialmente no inverno. No Brasil, deverá usar o motor 1.6, emprestado do Nissan March e Versa, e o 2.0 do Duster, provavelmente com a opção da tração integral.

Visualmente, as mudanças estão nos leds diurnos em formato de ‘C’ posicionados no para-choque e os novos desenhos das rodas e dos elementos internos das lanternas.


A troca da primeira letra do nome na Rússia – de C para K – teve um motivo particular com o mercado local. Segundo a montadora, houve uma pesquisa com os consumidores na qual foi revelado que o ‘K’ identifica melhor a ‘pegada russa’ do modelo. Além disso, a letra ‘K’ no idioma do país é associada a três características usadas pela marca para ‘vender’ o carro: qualidade (Качество), conforto (Комфорт) e beleza (Красота). No Brasil e outros mercados, será Captur mesmo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *